Conselho, Diretoria e Comitê
Diminuir Fonte Aumentar Fonte VoltarVoltar ImprimirImprimir EmailEmail PDF DownloadDownload Compartilhe
A administração da Prumo é feita pelos melhores profissionais do mercado. São pessoas apaixonadas pelo que fazem, com vocação para o crescimento e para a inovação. Apostamos no talento e valorizamos a experiência.
 

 Conselho de Administração


O Conselho de Administração da Prumo é um órgão de deliberação colegiada, que, segundo o Estatuto Social da Companhia deverá ser composto de, no mínimo, 5 (cinco) e, no máximo, 11 (onze) membros, todos com mandato unificado de um ano. Atualmente o Conselho de Administração da Companhia é composto por 5 (cinco) membros, sendo 2 (dois) independentes (30%), porcentagem superior ao exigido pelo Novo Mercado (20%).

 

Conselheiro de Administração Cargo
Roberto D'Araujo Senna Presidente do Conselho
Kevin Lowder Membro do Conselho
Robert Thomas Membro do Conselho
Jorge M. T. Camargo Membro Independente do Conselho
Luiz do Amaral de França Pereira Membro Independente do Conselho
Luiz Fontoura de Oliveira Reis Filho Membro do Conselho
José Alberto Lima Membro do Conselho
 

Dentre outras atribuições, cabe ao Conselho de Administração:

  • Estabelecer os objetivos, a política e a orientação geral dos negócios da Companhia;
     
  • Nomear e destituir os Diretores da Companhia, fixando-lhes atribuições;
     
  • Fiscalizar a gestão dos Diretores;
     
  • Manifestar-se previamente sobre o Relatório da Administração, as contas da Diretoria e as demonstrações financeiras do exercício; manifestar-se previamente sobre o Relatório da Administração, as contas da Diretoria e as demonstrações financeiras do exercício;
     
  • Manifestar-se a respeito de qualquer oferta pública de aquisição de ações que tenha por objeto as ações de emissão da Companhia, por meio de parecer prévio fundamentado, divulgado em até 15 (quinze) dias da publicação do edital da oferta pública de aquisição de ações.


Como previsto na Política de Governança Corporativa da Companhia, o Conselho de Administração deve, ainda, zelar pelas transações que envolvam partes relacionadas.

Prumo conta, ainda, em sua estrutura de Governança Corporativa com um Comitê de Auditoria, composto por 02 membros altamente qualificados, que tem como objetivo assessorar o Conselho de Administração no desempenho de suas atividades relacionadas ao acompanhamento das práticas contábeis adotadas na elaboração das demonstrações financeiras da Companhia e de suas controladas e, ainda, na indicação e avaliação da auditoria independente. O Comitê é subordinado ao Conselho de Administração da Companhia atuando com independência com relação à Diretoria.

A Prumo reconhece o valor das boas práticas de Governança Corporativa e se empenha, constantemente, em aprimorá-las, atuando ativamente na realização de reuniões com investidores, manutenção de discussões junto aos seus stakeholders, incentivo à participação de seus acionistas nas Assembleias Gerais e implantação em seus empreendimentos das mais avançadas técnicas de desenvolvimento sustentável.

De acordo com o Regulamento do Novo Mercado, os membros do Conselho de Administração deverão subscrever, previamente à sua investidura no cargo, Termo de Anuência dos administradores ao Regulamento do Novo Mercado e às regras da Câmara de Arbitragem da BM&FBOVESPA.
 

Roberto D'Araujo Senna

É graduado em Engenharia Civil pela Universidade Federal da Bahia, com MBA em Estratégia Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas. Atualmente é sócio-diretor da RS Partners Empreendimentos e Consultoria Ltda e presidente do Conselho de Administração da Prumo (membro desde 2012). Atuou como CEO e membro do Conselho da Direcional Engenharia S.A. (2010 a 2013), e CEO da Bairro Novo Empreendimentos Imobiliários S.A. (2007-2010), foi Diretor da Odebrecht Participações e Investimentos S.A. (2005-2007), Diretor da Lexpart Participações S.A. (1999-2001) e membro do Conselho de Administração da Telepart e Brasil Telecom S.A. (2001), Telemar Participações S.A. (1999-2000), Tele Norte Leste S.A. (1999-2000). Foi presidente do Metrô Rio (1998 a 1999) e membro do seu conselho até 2001. Atuou como gestor de obras na Odebrecht no Brasil e no exterior (1979 a 1998).

 Kevin Lowder

Atualmente, o Sr. Kevin Lowder é Vice Presidente da EIG Global Energy Partners, responsável pelos investimentos nos setores de petróleo & gás, mineração e infraestrutura, incluindo equipamentos e serviços de campo no Hemisfério Sul. Juntou-se ao grupo em 2007 no setor de energia e infraestrutura da Trust Companyofthe West (TCW), antes da EIG se tornar uma companhia independente em 2009. Desde quando se juntou ao grupo, o Sr. Kevin Lowder teve responsabilidades na atividade de investimento nos fundos de energia da EIG e estruturou o Projeto Global de Fundos na América do Norte, América do Sul, Reino Unido, Austrália e Ásia. Antes de se juntar ao grupo, ele foi analista de petróleo & gás na divisão do banco de investimentos da Canaccord Capital, em Houston. Sr. Kevin Lowder graduou-se em Administração de Negócios (B.B.A) em Finanças de Energia (Energy Finance) pela Red McCombs School of Business na Universidade dos Texas, em Austin.

 Robert Thomas

Sr. Robert Thomas é Presidente e Chefe do Conselho de Administração da EIG Global Energy Partners e gerente do portfólio de todos os fundos e contas relacionados aos projetos de energia e infraestrutura. Antes da EIG se tornar uma companhia independente, o Sr. Robert Thomas foi chefe de investimentos em energia e infraestrutura na Trust Company of the West (TCW), membro do comitê executivo da TCW e membro do Conselho de Administração da TCW Asset Management Company. Sr. Robert Thomas é também Presidente e Chefe do Conselho de Administração da Gateway Energy &Resource Holdings. EIG é um dos principais fornecedores mundiais de capital institucional para o setor de energia, com mais de 12.6 bilhões de dólares em ativos sob sua gestão e portfólio de investimento em 34 países e 6 continentes. Sr. Robert Thomas se formou em Administração pela Universidade de Virginia e em Direito pela Universidade de Nova Iorque. Sr. Robert Thomas também possui um mestrado em Direito (LLM) pela Universidade de Georgetown nos Estados Unidos.

 Jorge M. T. Camargo

Atua há 37 anos na indústria do petróleo. É formado em Geologia pela Universidade de Brasília e com mestrado em Geofísica pela Universidade do Texas. É membro do Conselho de Administração da Mills Engenharia; Diretor do Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP); membro do Conselho Consultivo e Sócio Operador da Energy Ventures. Atualmente também atua como consultor senior da Statoil do Brasil, da Karoon Petróleo e Gás e da McKinsey&Company do Brasil. Anteriormente trabalhou por 27 anos na Petrobras, no Brasil e no exterior, onde exerceu funções tais como Diretor de Exploração e Produção e depois Presidente da Braspetro, e, de 2000 a 2003, membro da Diretoria Executiva da Petrobras, responsável pela Área Internacional. Em 2003 foi trabalhar na Statoil, inicialmente como Vice-Presidente Senior na sede em Stavanger, Noruega, e de 2005 a 2009 como Presidente da Statoil no Brasil.

Luiz do Amaral de França Pereira

É graduado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Paraná, participou do Stanford Executive Program e Stanford University, bem como participou de diversos cursos nas áreas de administração de empresas e finanças empresariais. Atualmente é membro independente dos Conselhos de Administração da Prumo (desde 2007),  MMX Mineração e Metálicos S.A. (desde 2007), ENEVA. (desde 2007), e CCX Carvão da Colômbia S.A. (desde 2012). Ainda, atua como membro do Comitê de Auditoria da MMX Mineração e Metálicos S.A., ENEVA. e Prumo Foi membro Fiscal do Instituto Desiderata, membro do Conselho de Administração da Brasil Florestas S.A., atuou no Grupo Caemi como Vice-Presidente de Finanças e de Relações com Investidores da Caemi Mineração e Metalurgia, sendo ainda membro dos Conselhos de Administração das suas controladas e coligadas, tendo sido posteriormente membro do seu Conselho de Administração. Foi Diretor Administrativo-financeiro e Diretor Executivo em empresas do Grupo Bozano Simonsen, Diretor Vice-Presidente do Grupo Monteiro Aranha e membro do dos Conselhos de Administração das empresas controladas do Grupo, atuou ainda por cerca de 20 anos na Vale do Rio Doce, primeiramente exercendo diversas funções técnicas e executivas e depois como seu Diretor Financeiro, Diretor Presidente e de Relações com Investidores e Vice-Presidente do seu Conselho de Administração, bem como membro dos Conselhos de Administração de suas empresas controladas e coligadas.

Luiz Fontoura de Oliveira Reis Filho

Sr. Luiz Reis é um dos sócios fundadores da LakeshorePartners e possui mais de 20 anos de experiência com projetos de infraestrutura e financiamentos estruturados. Ele ingressou na ABN AMRO em 1991 e ficou alocado na ABN AMRO North America durante o período de 1994 a 1997. Em 2006, ele foi nomeado Diretor Corporativo da ABN AMRO NV e Diretor Executivo do Banco Real. De 2010 a 2011, ele foi Chefe de Corporate & Investment Banking do Santander no Brasil. Sr. Luiz Reis participou e liderou nas principais operações de infraestrutura no país nos últimos 15 anos, incluindo: Marlim (1998), NovaMarlim (2001), Macaé, Merchant (2001), Brasil PCH (2006), Termonorte (2009), Candeias (2009), Renova (2010). Ele conduziu os esforços da ABN AMRO na aquisição da Vale Inco (2006) e da Gerdau Chaparral (2007) e os esforços do Santander na oferta de ações da Petrobras no valor de 115 bilhões de reais (2010). Sr. Luiz Reis é formado em Economia pela Universidade de Brasília e possui M.B.A da JL KelloggSchoolof Management.

José Alberto Lima

O Sr. José Alberto Lima atua há 27 anos na indústria de energia. Formado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e com MBA em Administração de Empresas pela mesma instituição, o Sr. Lima ainda realizou programas de pós-graduações na França e no Estados Unidos. Atualmente é consultor da Houston Grand Opera e da ACC American Chemistry Council. Atuou como Vice-Presidente de NBD e Ventures da Shell Chemicals de 2012 até maio de 2016. Anteriormente exerceu outros cargos na Shell, no Brasil e no exterior, onde exerceu funções tais como Vice-Presidente de GNL, Monetização de Gás e Energia Eólica na Shell Upstream Americas - Houston, de 2009 a 2012, Presidente da Shell US Gas & Power, de 2002 a 2006, Líder de Projetos de M&A na Shell International Gas - Londres, de 2001 e 2002, e Gerente de Finanças e Planejamento Corporativo, de 1989 a 1996, quando entrou na Shell Brasil. A Shell não é parte do grupo econômico da Companhia.

 

 Diretoria Executiva


Os Diretores da Prumo são os seus representantes legais, responsáveis, principalmente, pela administração cotidiana da Companhia e pela implementação das políticas e diretrizes gerais estabelecidas pelo Conselho de Administração. De acordo com a Lei das Sociedades por Ações, os diretores da Companhia devem ser residentes no país, podendo ser acionista ou não. Além disso, até, no máximo, um terço dos membros do Conselho de Administração poderão ocupar cargo na Diretoria.

 

Diretores Cargo
José Magela Bernardes Diretor Presidente
Eugênio Leite de Figueiredo Diretor de Relações com Investidores e Diretor Financeiro
Flavio Bernardo Luna do Valle  Diretor sem Designação Específica
Eduardo Xavier Diretor Institucional, Regulatório e de Sustentabilidade
Fernando Henrique Schuffner Diretor sem Designação Específica
 


Os Diretores são eleitos pelo Conselho de Administração da Companhia com mandato de um ano, sendo permitida a reeleição. O Estatuto Social da Companhia estabelece que sua diretoria seja composta de, no mínimo, 3 (três) e, no máximo, 9 (nove) membros, dos quais poderão ser designados um Diretor Presidente, um Diretor Econômico Financeiro, um Diretor de Operações, um Diretor de Relações com Investidores, e os demais Diretores sem designação específica. Atualmente, a diretoria da Prumo é composta de 4 (quatro) membros.

De acordo com o Regulamento do Novo Mercado, os diretores deverão subscrever, previamente à sua investidura no cargo, Termo de Anuência dos administradores ao Regulamento do Novo Mercado e às regras da Câmara de Arbitragem da BM&FBOVESPA.

Os atuais membros da Diretoria são:
 

 José Magela Bernardes

O Sr. Bernardes foi o vice-presidente sênior e conduziu atividades da EIG no Brasil e outros países sul-americanos. Antes de entrar na EIG em 2014, o Sr. Bernardes foi o vice-presidente das areas técnicas da BG Brasil. Antes de retornar ao seu país natal, o Sr. Bernardes foi presidente da BG Bolívia e Presidente da Câmara de Hidrocarbonetos e Energia da Bolívia. Antes da BG Group Sr. Bernardes trabalhou durante 21 anos na Schlumberger onde atuou como Presidente para a África Ocidental, Presidente para o México e América Central, Diretor de Recursos Humanos para US Gulf Coast e Presidente para Oeste Venezuela. O Sr. Bernardes é Engenheiro Elétrico formado pela Escola Federal de Engenharia de Itajubá, Minas Gerais, Brasil.

 Eugênio Leite de Figueiredo

É formado em economia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, com MBA em Finanças pelo IBMEC. Atualmente, é Diretor Econômico Financeiro da Prumo (desde 2012). Possui 12 anos de experiência nas áreas financeira e desenvolvimento de negócios. Iniciou sua carreira no Grupo EBX há seis anos na MMX Mineração e Metálicos S.A. e, desde 2008, integrava a equipe de Corporate Finance da EBX Holding. Nesse período, participou das operações de abertura de capital das empresas do Grupo EBX, operações de fusão e aquisição conduzidas pelo grupo e desenvolvimento de novos projetos. Antes de ingressar no Grupo EBX, trabalhou por seis anos na área de desenvolvimento de negócios da Vale.

 Flavio Bernardo Luna do Valle 

Advogado formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, com pós-graduação em Direito Empresarial e Mercado de Capitais pela Fundação Getúlio Vargas. Iniciou sua carreira na Prumo no início de 2012 e é, atualmente, Diretor Jurídico e de Recursos Humanos da Companhia. Sr. Flavio Valle integrou, por três anos, a equipe do escritório de contencioso estratégico e arbitragem, Nunes Ferreira, Viana Araujo, Cramer e Duarte Advogados e, posteriormente, a equipe do escritório Veirano Advogados (entre 2007 e 2010) participando de grandes operações nacionais e internacionais, nas áreas de infraestrutura, desenvolvimento de projetos, direito societário, mercado de capitais, direito bancário, contencioso cível e arbitragem.

 Eduardo Xavier

Advogado, formado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC), Eduardo Xavier é especializado em direito público e infraestrutura. Em São Paulo, advogou em escritórios especializados atendendo tanto empresas privadas em processos de licitação e na gestão de contratos públicos, quanto entes públicos na elaboração de políticas e projetos. Em 2008 foi convidado para integrar os quadros da Subchefia para Assuntos Jurídicos, na Casa Civil da Presidência da República, onde permaneceu até 2011 coordenando, como Subchefe-Adjunto, o núcleo de infraestrutura e energia. Após, entre 2011 e 2013, foi Assessor Especial do Ministro da Fazenda, atuando como secretário-adjunto da Secretaria de Acompanhamento Econômico, responsável por supervisionar as coordenações-gerais de logística e de indústrias de rede. Em 2013 foi convidado a assumir a secretaria-executiva da Secretaria de Portos da Presidência da República, onde permaneceu até julho de 2014. Ainda em 2013, pelo período de 8 meses, Eduardo Xavier foi diretor da área de estruturação de projetos de infraestrutura da Companhia São Paulo de Parcerias, vinculada à Secretária de Finanças e Desenvolvimento Econômico do Município de São Paulo. Já participou do conselho fiscal da Caixa-Par, empresa que gerencia participações do grupo da Caixa Econômica Federal, do conselho de administração da Empresa de Pesquisa Energética – EPE, que assessora o Ministério de Minas e Energia na elaboração e coordenação da regulação do setor de energia, bem como presidiu o conselho de administração da Companhia Docas de São Paulo – CODESP, que administra o maior porto público do Brasil..

Fernando Henrique Schuffner

O Sr. Fernando Henrique Schuffner é formado em Engenharia Elétrica pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, com mestrado na mesma área pela Universidade de Campinas e com MBA em Administração de Empresas pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais, o Sr. Fernando ainda realizou programa de pós-graduação na França. Atuou como Diretor de Desenvolvimento de Negócios na Companhia Energética de Minas Gerais S.A de 2007 a 2015. Anteriormente atuou como docente de nível superior, até entrar na CEMIG em 1985. A CEMIG não é parte do grupo econômico da Companhia.

 

 Comitê de Auditoria


A Lei das Sociedades por Ações faculta às companhias a criação de órgãos complementares à Diretoria e ao Conselho de Administração, com funções técnicas destinadas ao melhor aconselhamento dos administradores.

Membros do Comitê de Auditoria Cargo
Luiz do Amaral de França Pereira Membro do Comitê
Kevin Lowder Membro do Comitê


Dessa forma, o Conselho de Administração da Prumo decidiu, em reunião realizada em 11 de março de 2008, criar um Comitê de Auditoria, com o objetivo de assessorar o Conselho de Administração no desempenho de suas atividades relacionadas ao acompanhamento das práticas contábeis adotadas na elaboração das demonstrações financeiras da Companhia e de suas controladas e, ainda, na indicação e avaliação da efetividade da auditoria independente. O Regimento Interno do Comitê de Auditoria prevê, ainda, regras complementares para suas atribuições e funcionamento. Clique aqui para ter acesso à versão integral do Regimento Interno do Comitê de Auditoria.

O Comitê de Auditoria da Companhia é subordinado ao Conselho de Administração, atuando com independência com relação à Diretoria da Companhia, sendo composto por 2 (dois) membros com mandato unificado de 1 (um) ano, permitida a reeleição. Os membros são nomeados e destituídos pelo Conselho de Administração e entre eles o Conselho nomeia um representante, que é responsável por presidir e coordenar o comitê.  Dos atuais membros do Comitê de Auditoria da Companhia, 2 (dois) são membros do Conselho de Administração, sendo 1(um) membro independente.

Os atuais membros do Comitê de Auditoria são:
 

 Luiz do Amaral de França Pereira

É graduado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Paraná, participou do Stanford Executive Program e Stanford University, bem como participou de diversos cursos nas áreas de administração de empresas e finanças empresariais. Atualmente é membro independente dos Conselhos de Administração da Prumo (desde 2007), MMX Mineração e Metálicos S.A. (desde 2007), ENEVA (desde 2007), OSX Brasil S.A. (desde 2010), OGX Petróleo e Participações S.A. (desde 2011) e CCX Carvão da Colômbia S.A. (desde 2012). Ainda, atua como membro do Comitê de Auditoria da OGX Petróleo e Gás Participações S.A., OSX Brasil S.A., MMX Mineração e Metálicos S.A., ENEVA e Prumo. Foi membro Fiscal do Instituto Desiderata, membro do Conselho de Administração da Brasil Florestas S.A., atuou no Grupo Caemi como Vice-Presidente de Finanças e de Relações com Investidores da Caemi Mineração e Metalurgia, sendo ainda membro dos Conselhos de Administração das suas controladas e coligadas, tendo sido posteriormente membro do seu Conselho de Administração. Foi Diretor Administrativo-financeiro e Diretor Executivo em empresas do Grupo Bozano Simonsen, Diretor Vice-Presidente do Grupo Monteiro Aranha e membro do dos Conselhos de Administração das empresas controladas do Grupo, atuou ainda por cerca de 20 anos na Vale do Rio Doce, primeiramente exercendo diversas funções técnicas e executivas e depois como seu Diretor Financeiro, Diretor Presidente e de Relações com Investidores e Vice-Presidente do seu Conselho de Administração, bem como membro dos Conselhos de Administração de suas empresas controladas e coligadas.

 Kevin Lowder

Atualmente, o Sr. Kevin Lowder é Vice Presidente da EIG Global Energy Partners, responsável pelos investimentos nos setores de petróleo & gás, mineração e infraestrutura, incluindo equipamentos e serviços de campo no Hemisfério Sul. Juntou-se ao grupo em 2007 no setor de energia e infraestrutura da Trust Companyofthe West (TCW), antes da EIG se tornar uma companhia independente em 2009. Desde quando se juntou ao grupo, o Sr. Kevin Lowder teve responsabilidades na atividade de investimento nos fundos de energia da EIG e estruturou o Projeto Global de Fundos na América do Norte, América do Sul, Reino Unido, Austrália e Ásia. Antes de se juntar ao grupo, ele foi analista de petróleo & gás na divisão do banco de investimentos da Canaccord Capital, em Houston. Sr. Kevin Lowder graduou-se em Administração de Negócios (B.B.A) em Finanças de Energia (Energy Finance) pela Red McCombs School of Business na Universidade dos Texas, em Austin.

 

Meus Favoritos
Selecione 5 canais favoritos do site e tenha-os sempre na home.
    Basta clicar no ícone , na barra ao lado do título, para adicioná-la aqui.

    Para excluí-la, basta clicar no
    Fale com RI
    Fale com a PRUMO e tire suas dúvidas ou envie sugestões. Clique aqui
    Alertas RI
    Receba alertas da PRUMO e mantenha-se informado.
    Conheça mais:
    Copyright © 2010 PRUMO
    Todos os direitos reservados
    Política de Privacidade | Termos de Uso